BEBÊ FAMÍLIA MATERNIDADE

A chegada das férias! Ebaaaaaaaaa!

4 de fevereiro de 2019

Quem acompanha meus texto a algum tempo ou me conhece pessoalmente, sabe que eu não sou aquela mãe que amaaaaa passar 24 horas com a cria. Até porque, já pararam para pensar que ninguém passa 24 horas com pessoa alguma? Sério mesmo! Você passa 24 com seu marido, sua mãe, sua sogra? Jamais! Credo em Cruz! Imagina se isso acontecesse por, aproximadamente, 30 dias ininterruptos? CreiInDeusPai, alguém, na minha opinião, sairia fatalmente ferido.

Bem, quando a Ana Clara completou 5 mese e meio, eu tive que voltar a trabalhar e, consequentemente, ela foi para a escola. Já expliquei o porquê de ter optado por colocá-la na escola, então, se você perdeu esta parte, corre lá! Enfim, isso aconteceu em agosto e logo menos entraríamos em férias. Eu temia pela chegada das férias porque sabia que não saberia o que fazer com a Ana Clara durante tanto tempo.

Falando nisso, quero dar os parabéns (se pudesse mandaria flores) para as mães que conseguem manter a árdua (para mim, pelo menos) tarefa de passar 24/7 com a cria, ou talvez, com aS criaS e, ainda assim, sorrir, cumprimentar as pessoas, ser agradável, tomar banho, escovar os dentes, comer e seguir vivendo. Nessas horas, eu penso: “Manooooo, eu sou muito frouxa! Deus me mandou a Aninha para que pudesse rir da minha cara todos os dias junto com SãoPedro, sentado na sua poltrona celestial e dizendo: “Te falei Pedroca! Ela é mesmo um fiasco!” hahahahaha. Nem ligo mesmo! Queria ver ele aqui na minha casa! hahahahaha

Enfim, nossas primeiras férias juntas foram, de fato, bastante sofridas. Eu não sabia o que fazer com a Ana Clara e me sentia esgotada o dia todo. Não via a hora das sonecas durante a tarde ou de ela dormir à noite. Pensava: “Gente, coitada dessa criança que escolheu essa mãe para vir ao mundo… alguém devia ter avisado para ela antes!” Bom, só sei que meu (mal) humor subia pelas paredes e eu não via a hora das férias se acabarem.

Na segunda onda de férias, com 1 ano e meio, viajamos para Disney, conforme já relatei em texto também, e foram férias muito melhores. Estávamos em 2 casais: minha irmã, cunhado e minha afilhada. Foi tudo muito mais fácil. O fato de estar com a minha irmã me ajudou muitíssimo. Quando eu estava no ápice do estresse, ela acalmava a Aninha e seguimos super bem. Ela, inclusive, se alimentou melhor porque a máxima: ‘criança que vê criança comendo, quer comer’ é muito verdade! Em alguns momentos rolava, inclusive, uma espécie de competição: uma queria ser mais rápida que a outra para comer a próxima colherada!

Eis que chegamos à terceira onda de férias e, decidi, que desta vez seria diferente. Minha irmã tem uma babá muito boa que trabalha para ela no período da tarde. Decidi contratá-la para ficar com a Aninha no período da manhã para que eu pudesse cuidar um pouco de mim, preparar minhas aulas e tomar uma café decente. Dizem mesmo que depois de ser mãe não temos mais como ser ricas, sendo assim, optei por gastar meu dinheiro fazendo algo que fosse benéfico para o meu bem estar e, consequentemente, da Ana Clara.

Eu saio de casa logo que a babá chega. Digo para a Aninha que estou indo trabalhar e que volto depois. Tem dias que ela entende, tem dias que não e pede: “Nãooooo! Trabalhar não! Qué colo!” Eu, apesar de achar fofo, saio disposta a ‘trabalhar’: tenho feito a minha atividade física, colocado os médicos em dia, ido ao supermercado, varejão, trocado as compras de Natal e à tarde, quando estou em casa. faço tudo o que ela quer: vamos ao ‘popi’, piscina, bicicleta, brincamos de massinha etc.

Posso afirmar, sem sombra de dúvidas, que estas estão sendo as melhores férias que poderíamos ter. Ana Clara já fala de tudo, então, fica fácil saber quando está se sentindo bem ou não. Por vezes diz que quer tomar banho no ‘banheiro da mamãe’ ou que quer pegar no sono ‘na cama da mamãe’. Eu acho tão bonitinho e só venho agradecendo por estarmos curtindo esse momento tão gostoso e feliz em nossas vidas. Certamente, essas férias ficarão marcadas como uma das melhores que nós ainda teremos.

 

Fabiana Paganini de Andrade, curtindo as férias como nunca!

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply