MATERNIDADE

Carta a uma mãe recém parida

30 de janeiro de 2019

Querida mulher,

 

Seu filho(a) acabou de nascer e você foi promovida de gestante a mãe. Aquele ser que crescia em segurança no seu ventre chegou a este mundo e veio pra ficar e mudar tudo.

O seu sono agora ficará em segundo plano. Alguém precisa ser cuidado e alimentado durante o dia e as noites. Nas noites você vai se sentir sozinha, uma solidão que chega a doer. Se eu te contar que você vai sentir saudades depois, você vai achar que estou mentindo.

Pode ser que seu corpo fique estranho, que você não se reconheça nele, mas, qual corpo não mudaria após gerar outra vida, não é mesmo? Seu corpo é incrível e você nunca esteve em melhor forma.

Você vai precisar ficar muito em pé. Bebês gostam de ser balançados e se aconchegam no colo da mamãe como em nenhum outro lugar. Suas pernas vão doer. Pode ser que você chore por isso.

Falando em chorar, você vai chorar muito, por qualquer coisa. De cansaço, fome, amor, tristeza, culpa.

Essa culpa vai ser sua sombra. Você vai duvidar muitas vezes se o que está fazendo é o melhor. Mas eu te garanto que você é a melhor mãe que seu bebê poderia ter. Deus nunca erra!

 

Fique bem e se cuide.

 

Com amor,

 

Carla, mãe (não tão) recém parida da Raquelzinha, de sete meses.

 

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply