BEBÊ CARREIRA GESTAÇĀO MATERNIDADE NUTRIÇĀO REDE DE APOIO

Prazer, eu sou a Carla

13 de maio de 2018

Sou de Belo Horizonte e me mudei para Ribeirão há pouco mais de um ano.

Nasci e vivi 32 anos na capital mineira.

Sou casada há 6 anos e meio anos com o Rafael (Ribeirão Pretano e motivo principal da minha mudança de estado).

Caçula de uma família de três irmãos, cresci cercada de tios que vieram morar com meus pais quando eles casaram. Meu pai é o primogênito de 6 irmãos e ficou órfão de pai e mãe aos 25 anos, quando meu tio mais novo tinha apenas 4. Cheia de coragem (e um pouco de loucura) minha mãe se casou com ele e recebeu, apenas 7 dias após o matrimônio, 4 crianças para cuidar.

Ela criou os cunhados e os três filhos. Meu irmão mais velho nasceu quando ela tinha 28 anos, minha irmã aos 34 e eu (surpresa) aos 36!

Cresci na correria de uma cidade grande, sendo ensinada que as coisas de casa não eram nada importantes e que uma mulher moderna deveria estudar e conquistar o que desejasse. Meus pais sempre tiveram negócios próprios e trabalho desde os 13 anos.

Fui a primeira da família a me formar na Universidade (Nutrição/2008), a primeira a estudar inglês e a primeira a morar um tempo fora do país (onde conheci o maridão). Meu pai sempre foi um grande incentivador!

Em 2006 tive um encontro face a face com Cristo que mudou a minha história, valores, sonhos. Daquele momento em diante eu passei a ansiar encontrar um amor pra vida toda.

Esse amor chegou e me casei em 2011. A vida de casados sempre foi ótima e filhos, ah, depois né? Rsrsrs

Em 2017, com a mudança para Ribeirão Preto começamos a nos perguntar porque não queríamos ser pais e chegamos a uma triste conclusão: egoísmo! Doeu, nos arrependemos e pedimos a Deus que mudasse nosso coração com relação a isso se essa fosse a vontade dEle. E era!

Ele nos mostrou que os filhos são herança do SENHOR,  um presente que Ele nos dá! Decidimos então iniciar as tentativas e, pra nossa surpresa, engravidamos no 2 mês! Em novembro descobrimos que estamos esperando uma menina e decidimos chamá-la de Raquel, que significa “ovelha de Deus”. Ela chegará em maio e nosso coração está cheio de expectativa para conhecê-la. Ela é o nosso maior presente!

 

Carla Vaz de Lima, 33 anos, mãe da Raquel (recém nascida). Nutricionista especialista em Educaçāo Nutricional.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply