BEBÊ CARREIRA GESTAÇĀO LAZER MAMÃES REAIS MATERNIDADE

Tatiana, mãe de dois

13 de maio de 2018

Nascida e criada em Guarulhos, sempre morei com meus pais, onde chegar em casa tinha hora, avisar com quem estava saindo era obrigatório e contar com eles para me buscar em baladinhas era assunto fora de cogitação.
Porém, eles sempre me deixaram livre para que escolhesse meu caminho profissional e ir atrás do que eu acreditasse.
Acabei cursando Design de Produto, seguido de Turismo e finalizando com um MBA em Gestão Empresarial.
Gostei de tudo? Sim!
Trabalhei como promotora de vendas, atendente de balcão de informações turísticas no aeroporto, em parque de diversões no exterior vendendo ingresso, como caixa, limpando chão, guarda vidas e sendo monstro no Halloween, em hotelaria nas áreas de recepção, eventos e recursos humanos.
Nesse meio tempo, descobri o Yoga, que me fazia sentir muito bem. O stress de morar em Guarulhos e trabalhar em São Paulo me pegou de jeito e acabei sentindo necessidade de me aprofundar na prática.
De bate e pronto, fiz um curso que pincelava sobre alguns tópicos que envolvia do Yoga e meditação. Este me levou ao primeiro retiro. Depois disso, senti que queria seguir esse caminho de alguma forma.
Por volta dessa época, minha irmã teve meu sobrinho num parto domiciliar, despertando em mim um desejo de saber mais sobre gravidez, vias de parto e tudo que envolve maternidade.
Descobri que uma pessoa muito especial havia se especializado em Yoga para gestantes e a procurei. Ela estava fechando uma turma para o primeiro curso que ela daria. Aproveitei a oportunidade e lá fui eu, aprender!
No decorrer do curso, fiquei fascinada não só com a prática, mas com a fisiologia do nosso corpo, como ele trabalha antes, durante e depois da gravidez.
Com isso, o desejo de ser mãe aflorou.
Durante esse curso, namorava José, hoje marido. Decidimos casar e vim para Ribeirão Preto, pois ele trabalhava aqui e eu sempre tive vontade de morar numa cidade mais tranquila que São Paulo.
O curso terminou e decidimos que era hora de tentar colocar um bacuri no mundo.
Depois de quatro meses tentando, veio o positivo, mas com 10 semanas veio também um aborto espontâneo.
Após outros cinco longos meses, o segundo risquinho do teste de gravidez estava lá, firme e forte. E logo Ale chegou através de um parto natural hospitalar, trazendo muita alegria, aprendizado e desafios no casamento.
Um ano e nove meses depois fomos presenteados com o nascimento de Elis, num esperado parto domiciliar, que colocou abaixo tudo o que pensei já saber sobre maternidade, me desafiando a aprender muito mais.
Com a chegada deles, virei mãe período integral e adiei um pouco meu plano de trabalhar com Yoga para gestantes, mas a vontade está aqui e sinto que se tornará realidade num futuro muito próximo. A ideia que tenho é oferecer aulas personalizadas, que proporcionem bem-estar, trocas de experiências e informações sobre gestação, parto e pós-parto.
Mas, enquanto isso não acontece, permaneço aproveitando as descobertas dos meus pequenos e os momentos com eles, ora harmônico, ora insano, mas com a certeza que estou dando o meu melhor.

Tatiana Moreno.

37 anos, mãe do Ale (2 anos) e da Elis (8 meses), mãe em tempo integral, apaixonada por aprender coisas novas!

No Comments

    Leave a Reply